Hidratação e cuidados durante o inverno




Durante o inverno, a umidade do ar baixa e as temperaturas mais frias diminuem a transpiração do corpo e, por sua vez, o clima frio e seco fazem com que a pele fique mais seca, com aspecto esbranquiçado causado pela perda de proteínas. Além disso, nesta época, é comum tomarmos banhos mais quentes, que provocam a remoção da oleosidade natural e a umidade da pele.

Para evitar tais sintomas é importante fazer hidratações corporais mais profundas e, além disso, investir em uma alimentação saudável, rica em vitaminas e antioxidantes, que pode trazer benefícios a médio e longo prazos.


Tipos de pele

Existem quatro tipos de pele:

1. PELE NORMAL – possui um equilíbrio natural, nem muito oleosa, nem muito seca;

2. PELE OLEOSA – possui alta produção de substância gordurosa;

3. PELE MISTA – possui uma mistura, geralmente, de pele seca e oleosa;

4. PELE SECA – é uma pele incapaz de reter água na quantidade necessária

A hidratação de qualquer tipo de pele é muito importante sobretudo quando o clima se torna frio e seco. Isso porque, além da temperatura, temos o vento que agride as camadas superficiais da pele. Vitaminas A, C e E presentes no nosso organismo não são sempre suficientes para manter a pele saudável, elástica e com brilho natural, para isso é preciso repor essas vitaminas sob a forma de sabonetes e cremes que devem ser aplicados duas vezes ao dia.

Atenção, não basta só hidratar, é preciso limpar e remover as impurezas que se acumulam diariamente. O ideal são produtos à base de frutas, como a pera, associados às ervas aromáticas, como a menta, indicados para regenerar e trazer de volta o frescor e a suavidade da pele. E quanto à ação antioxidante, os mais melhores são aqueles que trazem frutas ou flores vermelhas ou negras, tais como a romã, a groselha ou as cerejas e a papoula em sua composição.

Existem cremes hidratantes, tais como o 24h Iris, da linha Dei Colli Fiorentini, que oferece propriedades protetoras de ceramidas, emolientes e nutritivas da manteiga de karité e antioxidantes do gérmen de trigo.

O leite de amêndoas é um excelente nutritivo e hidratante da pele, especialmente para quem tem pele seca e desidratada, enquanto os sabonetes à base de amêndoas amaciam, hidratam e tonificam a pele.

As gestantes costumam massagear o corpo com movimentos circulares e repetitivos durante alguns minutos para melhorar a elasticidade e diminuir as estrias comuns na gravidez.

Uma combinação maravilhosa é o sabonete de leite de figo e amêndoa, juntos eles beneficiam e cuidam profundamente de sua pele no inverno.

Adequados à restauração são os sabonetes com colágeno vegetal e ginseng e aromatizados com flores. Mas o mais importante é a qualidade na confecção desses produtos. Os mais indicados são os que não levam componentes químicos, nem corantes sintéticos ou artificiais são feitos à base de óleos vegetais e ingredientes 100% naturais.

Ideal e, também, imprescindível nessa estação é cuidar da alimentação. Comer legumes, hortaliças e frutas, fontes de vitaminas e minerais que neutralizam os radicais livres e que previnem o envelhecimento da pele. As frutas ricas em vitamina C, como o morango, a laranja, a mexerica, o limão e a cereja. E os vegetais como o brócolis, o repolho e a cenoura, são necessários no inverno. Não se esqueça da soja, rica em isoflavonas, ideal para aumentar a elasticidade e evitar o ressecamento. Adicione na dieta, castanhas, nozes e amêndoas, ricas em vitamina E, selênio e antioxidantes. Lembre-se, também, de manter a hidratação do organismo tomando no mínimo 2 litros de água por dia.

Não é uma questão apenas visual. Hidratar a pele é fundamental para não ter aquela aparência de ressecamento e descamação e, também, porque a pele pode adoecer. Bactérias e fungos contaminam com mais facilidade a pele ressecada e podem causar um processo inflamatório, coceiras, comichão e manchas avermelhadas que podem resultar em lesões à pele. Resumindo, a hidratação não é só uma questão de beleza, mas de saúde.

4 visualizações
  • Facebook
  • Instagram